Maradona pede desculpas após dar chute em torcedor

Maradona já provocou confusão nos Emirados Árabes Unidos, onde está trabalhando como técnico do Al Wasl desde agosto. Na quinta-feira, após conseguir a sua primeira vitória em jogos oficiais no novo clube, ele acertou um chute num torcedor quando tentava tirar uma foto. Mas, arrependido com o ato do dia anterior, o astro argentino pediu desculpas nesta sexta.

AE-AP, Agência Estado

23 de setembro de 2011 | 10h31

O incidente aconteceu depois da vitória do Al Wasl sobre o Emirates Club, por 3 a 0, pela segunda rodada da Etisalat Cup. Maradona queria tirar uma foto ao lado da faixa feita por uma de suas filhas, Giannina, que foi colocada no alambrado do estádio em sua homenagem, mas um torcedor ficou atrapalhando. Aí, depois de pedir duas vezes para que ele saísse dali, o astro argentino acabou lhe dando um chute.

A faixa em homenagem a Maradona foi assinada pelo neto do treinador, Benjamin, que é filho de Giannina com o atacante Aguero (do Manchester City e da seleção argentina). E trazia a seguinte mensagem, tanto em espanhol quanto em árabe: "Vovô, estou com você. Te amo. Benja".

"Foi uma surpresa da minha filha", contou Maradona, feliz com a homenagem recebida, mas arrependido pelo chute que deu na hora que tentava tirar a foto. "Gostaria de pedir desculpas a um dos torcedores. Eu estava tentando soltar a faixa para vê-la inteira e, num erro meu, talvez tenha machucado o torcedor."

O clube dos Emirados Árabes Unidos, com o qual tem contrato de dois anos, é o primeiro emprego de Maradona como treinador desde que ele deixou o comando da seleção argentina, de onde saiu logo depois da disputa da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMaradona

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.