Maradona pode se tratar no Brasil

O ex-astro do futebol argentino, Diego Armando Maradona, poderia ser internado em breve em uma clínica brasileira de tratamento contra as drogas. A informação extra-oficial foi divulgada nesta segunda-feira no início da noite por diversas agências de notícias - entre elas a agência estatal Télam - e programas de fofocas quer acompanham de perto a vida do ex-jogador.A idéia de levar Maradona ao Brasil seria de Oldemar Barreiro Laborde, manager do ex-jogador. No entanto, a clínica brasileira - cujo nome é desconhecido - seria apenas uma parada intermediária, enquanto se define um lugar definitivo para seu tratamento na Suíça.Maradona está internado há três semanas na Clínica del Parque, no município de Ituzaingó, na zona oeste da Grande Buenos Aires. Ali, Maradona recupera-se da síndrome de abstinência das drogas, de uma pneumonia e problemas cardíacos.Laborde substituiu o polêmico Guillermo Coppola no cargo de manager pessoal de Maradona. O ex-jogador demitiu Coppola meses atrás, por considerar que "Guillote", como o chamava carinhosamente, lhe estava roubando dinheiro.O novo manager - mesmo com seu cliente ainda internado - também estaria fechando um acordo com uma loteria provincial para que o ex-jogador seja seu novo garoto-propaganda.Esta é a primeira vez que especula-se levar Maradona ao Brasil, ainda que como parada intermediária. Em diversas ocasiões, a família do ex-jogador e seu médico pessoal, Alfredo Cahe, analisaram as possibilidades de enviá-lo à Inglaterra, Canadá ou a ilha caribenha de Antigua.Além disso, sempre esteve em stand by a hipóteses de levá-lo de volta à Cuba, onde Maradona realizou um controvertido tratamento contra as drogas entre fevereiro de 2000 e março deste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.