Maradona quer entrar para a política

O ex-jogador Diego Maradona declarou que planeja ingressar na carreira política, integrando uma eventual chapa presidencial encabeçada pelo ex-presidente Carlos Menem para as eleições de 2003 na Argentina. Maradona aproveitou a entrevista à rádio La Red para convidar o cantor popular Charly García a ocupar um ministério no próximo governo. García recusou a oferta e propôs formar ?um triunvirato? com Maradona e Menem, em que os três dividiriam o poder.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.