Arquivo/AE
Arquivo/AE

Maradona reclama de viagem à Rússia antes de jogo com Brasil

Técnico da seleção argentina diz que amistoso não serve de preparação para as Eliminatórias da Copa do Mundo

Reuters

27 de julho de 2009 | 13h32

Diego Maradona preferia não ter que viajar à Rússia para disputar um amistoso no mês que vem, antes de uma partida decisiva contra o Brasil pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

Veja também:

lista Eliminatórias - Calendário e Resultados

especial Eliminatórias: mais no canal especial

especial Tudo sobre a disputa da Copa das Confederações

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

A Argentina enfrenta a Rússia em Moscou em 12 de agosto, mas Maradona disse numa entrevista publicada nesta segunda-feira que não considera o amistoso um aquecimento útil para o jogo contra o Brasil, em Rosario, no dia 5 de setembro.

"Não gosto de ter que jogar com a Rússia. Nós devemos preparar o time para pegar o Brasil, mas no meio nós teremos esse jogo sem necessidade", disse Maradona ao jornal esportivo Olé.

"Temos quatro jogos muito difíceis, mas estamos de olho no Brasil", disse o técnico argentino sobre as quatro últimas partidas do time nas eliminatórias sul-americanas. A Argentina também enfrentará o Paraguai, três dias após o jogo com a seleção brasileira, e o Peru e o Uruguai em outubro.

A seleção brasileira lidera o torneio com 27 pontos em 14 partidas, à frente do Chile, com 26. O Paraguai tem 24, e a Argentina, 22. Os quatro primeiros se classificam de forma direta para a Copa do Mundo de 2010.

"Vamos sofrer, vamos enfrentar uma equipe que joga bem, que tem craques, que está ganhando, que porque joga bem há muito tempo tem várias Copas do Mundo", disse Maradona. "Mas somos a Argentina, não podemos esquecer isso."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.