Maradona reclama do futebol apresentado pela Argentina

Ex-jogador diz que seleção do técnico Alfio Basile tem potencial para jogar melhor do que está

EFE

03 de março de 2008 | 18h23

O craque argentino Diego Maradona disse nesta segunda-feira que o futebol apresentado pela seleção argentina comandada por Alfio Basile o aborrece muito."Tenho que ser sincero. Digo isto com todo respeito. Temos um potencial muito mais rico do que demonstramos diante de equipes de segunda categoria", afirmou em entrevista à rádio "La Red". "Nas Eliminatórias para a Copa ainda não enfrentamos o Brasil e todas as suas estrelas. Também não pegamos os uruguaios", declarou.Além disso, o craque argentino afirmou que a seleção de seu país deveria optar por atacantes "pequeninos", entre os quais se destacam Sergio Agüero, do Atlético de Madri, Lionel Messi, do Barcelona, e Carlos Tévez, do Manchester United.Outros jogadores que Maradona aponta como imprescindíveis são o meia Riquelme, do Boca, os volantes Mascherano, Liverpool, e Gago, Real Madrid, e o zagueiro Demichelis, Bayern de Munique.Para o gol, o craque opta por Mauricio Caranta, do Boca Juniors, que no jogo do último domingo contra o Gimnasia y Esgrima La Plata pelo Campeonato Argentino fez Maradona se lembrar de Ubaldo Fillol, herói da conquista da Copa de 1978 pela Argentina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.