Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Maradona recupera parte da função cardíaca

Gradualmente, nas últimas semanas, Diego Armando Maradona recuperou parte do funcionamento de seu coração. Segundo declarou seu sobrinho Daniel López Maradona, o ex-jogador argentino passou de ter apenas 35% de sua atividade cardíaca para 50%. Ele sofre de cardiopatia dilatada, problema detectado em janeiro do ano 2000, quando quase morreu de uma overdose de cocaína no balneário uruguaio de Punta del Este.O médico pessoal de Maradona, Alfredo Cahe, afirmou que é preciso "continuar pedindo a ajuda de Deus, porque Diego está em suas mãos". Segundo ele, o paciente "está melhor, com as companhias que deveria ter tido sempre, que são os integrantes de sua família. Mas este tratamento apenas está começando."Maradona está internado desde o último dia 9 na Clínica del Parque, no município de Ituzaingó, na zona oeste da Grande Buenos Aires. Ali, os médicos se esforçam para que o astro suporte a síndrome de abstinência das drogas - acredita-se que ele seja viciado em cocaína há pelo menos uma década.Informações extra-oficiais indicam que Maradona está "dócil", mas que continua insistindo em ir embora da clínica.Cuba - A atriz do teatro de revista Graciela Alfano declarou que o líder cubano Fidel Castro mandou "abraços" para Maradona.A ex-modelo revelou que Fidel teria dito estar esperando o retorno de Maradona para Cuba. "O espero aqui. Em Cuba, a saúde de Diego não havia colapsado da forma como colapsou na Argentina", declarou o líder cubano.Maradona realizou um controvertido tratamento contra as drogas em Cuba, entre fevereiro do ano 2000 e março deste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.