Maradona retira ação contra ex-empresário na Argentina

Ex-jogador argentino havia acusado empresário de roubar-lhe dinheiro durante os anos de 1985 a 1990

EFE

23 de abril de 2008 | 15h01

O argentino Diego Armando Maradona compareceu nesta quarta-feira a uma audiência do processo movido pelo ex-jogador contra o Guillermo Coppola, seu antigo representante. Segundo fontes informaram à Agência Efe, Maradona pediu o arquivamento do processo.O ex-jogador não fez comentários na saída do tribunal, mas Coppola disse que a audiência conciliatória foi "positiva". "O importante foi reencontrar Diego", disse o empresário.Coppola apresentou à Justiça documentos que provavam que havia sua renunciado aos poderes sobre a figura de Maradona e delegado a Claudia Villafañe, ex-mulher do craque.O empresário trabalhou com Maradona de 1985 até 1990, e posteriormente esta união foi restabelecida de 1996 a 2003. Mas desde que se distanciaram, o ex-jogador assegura que seu ex-empresário teria "roubado o dinheiro" de suas filhas.

Tudo o que sabemos sobre:
Diego Armando Maradona

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.