Maradona será técnico do Al Wasl, de Dubai

O argentino Diego Maradona assinou um contrato de duas temporadas para ser o técnico do Al Wasl, de Dubai, anunciou o clube nesta segunda-feira.

PRAVEEN MENON, REUTERS

16 de maio de 2011 | 11h18

"O Al Wasl agora pode confirmar que solicitou os serviços de um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos", disse o clube em comunicado.

O acordo foi finalizado "depois de longas negociações realizadas com Maradona", afirmou o clube, acrescentando que esperava que o ex-capitão da seleção argentina, de 50 anos, leve o time a um novo patamar.

Os detalhes do contrato de Maradona serão revelados em uma coletiva de imprensa na próxima semana, quando o argentino será apresentado ao clube.

"O valor do contrato é digno da estatura e da reputação de uma grande lenda", disse Marwan Bin Bayat, presidente do Al Wasl Football Co.

Como capitão, Maradona conduziu a Argentina à vitória na Copa do Mundo de 1986, e seu último trabalho como técnico também foi na seleção de seu país, na Copa do Mundo da África do Sul de 2010,

Seu período como técnico da Argentina terminou em julho, depois que a associação de futebol do país votou unanimanente para não renovar o contrato de Maradona, após a humilhante derrota de 4 x 0 contra a Alemanha nas quartas de final da Copa do Mundo na África do Sul.

Maradona assumirá o comando do Al Wasl, que está em quarto lugar na liga nacional, 16 pontos atrás dos líderes Al Jazira, com cinco partidas pela frente.

A contratação de Maradona é a mais recente medida de Dubai para mostrar sua força depois que a empresa privada Royal Emirates Group comprou o Getafe, clube da liga espanhola, por aproximadamente 90 milhões de euros.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTMARADONAALWASL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.