Arquivo/AE
Arquivo/AE

Maradona, três quilos mais leve, volta quinta à Argentina

Treinador abandonou o país de forma inesperada no último dia 13 de setembro, sem avisar o presidente da AFA

Agencia Estado

22 de setembro de 2009 | 10h19

Maradona voltará nesta quinta-feira a Buenos Aires, após passar uma semana e meia na Itália para um período de descanso e dieta rigorosa em um spa. O técnico da seleção argentina abandonou inesperadamente o país no domingo retrasado, sem avisar o presidente da Associação de Futebol da Argentina (AFA), Julio Grondona, que se mostrou surpreendido com a atitude do treinador.

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Maradona, que nos últimos meses vinha ganhando peso, perdeu três quilos (dos seis que planejava perder) graças a uma dieta de 600 calorias diárias. Na quinta-feira, dia de seu retorno, o treinador anunciará a convocação da seleção argentina para o amistoso contra a Gana, no próximo dia 30, em Córdoba (ARG).

E na sexta-feira Maradona deve entregar a lista dos jogadores convocados para os jogos contra Peru, em casa, e Uruguai, fora, pelas duas rodadas finais das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010. Na quinta posição no qualificatório para o Mundial e seriamente ameaçados de ficar fora da competição na África do Sul, a Argentina e Maradona estarão sob forte pressão nos dois confrontos.

Para completar, Maradona anda com a sua vida complicada fora de campo: os torcedores argentinos exigem a demissão do técnico, a Justiça argentina embargou um apartamento do ex-jogador por causa de condomínios não pagos e a família de sua namorada intervém cada vez mais em sua vida. De quebra, a mãe de uma de suas filhas, oriundas de um caso extraconjugal, exige mais dinheiro do ídolo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMaradonaseleção argentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.