Maradona vai se candidatar à presidência da Fifa, diz jornalista

O argentino Diego Maradona decidiu se candidatar à presidência da Fifa para substituir Joseph Blatter, disse o jornalista e escritor uruguaio Victor Hugo Morales.

REUTERS

22 de junho de 2015 | 09h24

Morales disse que Maradona lhe contou sobre a intenção de concorrer quando o jornalista telefonou no domingo para o ex-técnico e capitão da seleção argentina para perguntar sobre a condição de saúde de seu pai, que está doente.

"Ele me disse que vai concorrer à presidência da Fifa e me autorizou a informar", escreveu Morales em sua conta no Twitter.

"'Sou candidato' foram as duas palavras que Diego Maradona usou para me responder quando perguntei sobre a candidatura", acrescentou, em outro tuíte.

Maradona, de 54 anos, há tempos é crítico de Blatter e no mês passado disse que estava "aproveitando" o escândalo de corrupção que levou o suíço a renunciar ao cargo.

O ex-jogador brasileiro Zico também anunciou intenção de correr ao cargo máximo do futebol mundial.

(Por Nick Mulvenney)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTFIFAMARADONA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.