Maranhão chega ao Santos, mas ficará um mês afastado

O lateral-direito Maranhão foi apresentado nesta terça-feira pela manhã, no CT Rei Pelé, como novo reforço do Santos para a temporada de 2010. Contratado junto ao Guarani, o jogador, porém, irá demorar pelo menos um mês para poder fazer a sua estreia com a camisa santista.

AE, Agencia Estado

12 de janeiro de 2010 | 13h50

O clube informou que os exames médicos realizados para a contratação do lateral indicaram que Maranhão está com uma inflamação no púbis. Com isso, ele terá de fazer tratamento preventivo para poder jogar sem sentir dores no local lesionado. A expectativa dos médicos do Santos, Mauricio Zenaide e Rodrigo Zogaib, é de que em um mês ele esteja realizando treinos com bola.

"Comecei a sentir a lesão faltando cerca de dez rodadas para acabar a Série B (do Campeonato Brasileiro), mas não achava que era nada sério. Quando cheguei ao clube, os médicos detectaram a lesão no púbis. Agora, estou tratando para me recuperar e voltar bem", afirmou Maranhão, em sua apresentação oficial.

O novo reforço assinou contrato de quatro anos e disse que espera conquistar muitos títulos com a camisa do clube. "O Santos é um clube acostumado com conquistas e que vai brigar por títulos em todas as competições que disputar. Estou muito feliz aqui e tenho certeza que farei muito sucesso nessa equipe que está sendo montada aqui", ressaltou.

Com 24 anos de idade, Maranhão chega ao Santos depois de ter ajudado o Guarani a subir para elite do futebol brasileiro e antes disso ter defendido Gurupi, Palmas e Araguaína, todos do Tocantins, e o Bragantino.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantosMaranhão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.