Maratona muda planos do São Caetano

A maratona de jogos já atrapalha diretamente a programação do São Caetano. Mesmo nas vésperas de enfrentar o Palmeiras, na capital, num jogo importante pelo Campeonato Paulista, a comissão técnica optou por dar folga geral ao elenco nesta sexta-feira. O time só fará um recreativo, sábado cedo, antes de seguir para a concentração. A folga visa melhorar a condição física e o estado emocional do elenco. O descanso é a principal esperança do técnico Jair Picerni, que admite os problemas enfrentados pelos jogadores. As dificuldades podem ser medidas pelos últimos resultados, quando o time perdeu três jogos seguidos - Olmedo e Cruz Azul pela Copa Libertadores e União São João pelo Paulista. O último tropeço do São Caetano aconteceu no México para o Cruz Azul, por 1 a 0, quarta-feira, pela Libertadores. Mesmo assim, Jair Picerni garante que não vai alterar o estilo de jogo do time, de sempre buscar o ataque e os gols. Para pegar o Palmeiras, o único desfalque será o meio-campista Fabinho, que foi expulso diante do União São João. O atacante Magrão deverá ficar à disposição do treinador após se recuperar de uma lesão na coxa esquerda. O cansaço não atinge apenas os jogadores. Além de cancelar o treino previsto para esta sexta-feira à tarde, a diretoria cancelou também o pronunciamento do presidente Nairo Ferreira de Souza sobre a exclusão do time na primeira divisão do Campeonato Paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.