Lucas Merçon / Fluminense FC
Lucas Merçon / Fluminense FC

Marcão exalta 'líder' Ganso, mas não garante presença do meia contra Chapecoense

Marcos Paulo, que foi testado no lugar do meia, deve ser titular, mas no trio de ataque

Redação, Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2019 | 20h12

Na entrevista coletiva desta sexta-feira, o técnico Marcão, do Fluminense, respondeu a várias perguntas sobre Paulo Henrique Ganso, que passa por um momento ruim e foi vaiado pela torcida nos últimos jogos. O treinador encheu a bola do camisa 10, a quem considera um líder, mas não garantiu sua presença entre os titulares contra a Chapecoense, neste sábado, às 19h30, no Maracanã, em duelo da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"O Ganso é o nosso líder, dentro e fora de campo. É excepcional. A gente conta com ele sempre em todas as questões. Se jogar ou não, não tenho dúvida que vai contribuir. Ele tem muito ainda para nos ajudar", disse Marcão. "Ele é um excelente jogador, é um maestro. Ele joga o fino da bola. Todos sabemos da capacidade dele. Se em algum momento, ele não conseguiu fazer (um bom jogo), temos de ajudar", acrescentou.

Em má fase, Ganso deixou o campo vaiado nos últimos dois duelos contra Athletico-PR e Flamengo. O Fluminense foi derrotado nestes dois confrontos e voltou a se aproximar da zona de rebaixamento, de modo que parou nos 29 pontos, apenas um a mais que o Cruzeiro, o primeiro integrante do grupo do descenso.

Com Ganso mal, Marcão testou o jovem Marcos Paulo nos últimos treinamentos. A ideia é dar mais velocidade à equipe. Se o atacante, de 18 anos, for titular, deve jogar pelo lado do campo e formar o trio ofensivo com Wellington Nem e Yony González. Nenê, assim, ficaria responsável pela armação das jogadas.

"Pelo o que a gente tem acompanhado os jogos da Chape, o time atua com uma linha muito baixa. A gente tem de criar opções de velocidade para furar o bloqueio. Por isso, fizemos os testes", explicou o treinador, que enalteceu o talento de Marcos Paulo.

"Marcos é um jovem talentoso, está treinando muito bem e busca seu espaço. Verdade que não teve oportunidade com a gente até agora. Se ele tiver essa oportunidade, vai tentar nos ajudar no que for possível. Ele está sendo bem avaliado pela comissão técnica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.