Marcar história no Inter é ser campeão, diz Fernandão

Assim que o árbitro colombiano Oscar Ruiz apitou o final do jogo contra o Libertad, o Beira-Rio explodiu em desafogo. Após 26 anos, o Internacional volta a uma final da Copa Libertadores da América. Em 1980, o time gaúcho foi vice-campeão do torneio, vencido pelo Nacional, do Uruguai. Em 2006, o adversário na decisão será brasileiro, o São Paulo.A vaga na final foi conquistada com uma suada vitória por 2 a 0. Suada porque o Inter jogava mal e achou o gol aos 19 minutos da etapa final, numa falha do goleiro López em chute de Alex. Somente a partir daí o time da casa se impôs sobre o adversário.O atacante Fernandão reconheceu que o Inter não atuou bem. "Classificação para a final da maior competição da América tem que ser difícil", afirmou, ainda no gramado. "Foi muito mais difícil jogar contra esse adversário aqui hoje [quinta] do que lá [no Paraguai, na última semana]", concordou o técnico Abel Braga, na entrevista coletiva, já no vestiário.Vice-campeão brasileiro de 2005, o Inter, especialmente Abel Braga (bi-vice-campeão da Copa do Brasil, em 2004 e 2005), luta mais uma vez para não ficar no quase. "A história não está feita ainda. Marcar história aqui no Inter é ser campeão. Respeitamos a equipe do São Paulo, mas vamos jogar de igual para igual", completou Fernandão.O meia Jorge Wagner considera a vantagem de disputar o segundo jogo da decisão em Porto Alegre significativa. "É maravilhoso jogar aqui no Beira-Rio com o nosso torcedor, que sempre nos ajudou", disse. "O simples fato de ver essa gente pulando faz com que a felicidade seja maior ainda", reiterou o atacante Rafael Sóbis.SacrifícioA vitória desta quinta foi especial para o meia Alex, autor do primeiro gol. Às lágrimas, ele revelou, após o jogo, que vem jogando no sacrifício. "Estou com um problema no púbis que vai e volta, e fazer um gol num momento desses é emocionante", afirmou. "Eu não queria ter dor nenhuma, mas sempre tem alguma coisa me atrapalhando. Agora é recuperar para a final."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.