Marcelinho é expulso e Vasco só empata

Prejudicado pela expulsão infantil do meia Marcelinho Carioca, o Vasco ficou no empate com o 15 de Novembro-RS, por 1 a 1, nesta quarta-feira, no estádio Sadi Schimidt, em Campo Bom, no Rio Grande do Sul, pela segunda fase da Copa do Brasil. O jogador vascaíno, que não atuava desde o dia 25 de fevereiro, reclamou do árbitro Carlos Magno e, como já tinha cartão amarelo, recebeu o vermelho. Com o resultado, o time carioca depende de uma vitória na partida de volta, no Rio, para seguir na competição.O jogo começou bem disputado, mas sem muito perigo aos goleiros. A primeira oportunidade do Vasco aconteceu aos 13 minutos, quando Alex Alves recebeu passe de Valdir e chutou para boa defesa de Marcelo. No rebote, o lateral-esquerdo Victor Boleta finalizou na rede pelo lado de fora. Em seguida, o 15 de Novembro respondeu em cabeçada de Romeu. Fábio evitou o gol.Aos 15 minutos, Marcelinho Carioca sentiu dores musculares e ficou mancando em campo. Preocupado, pois o jogador voltava ao time após quase um mês parado por causa de contusão, o técnico Geninho preparou a substituição. O atleta, porém, pediu para continuar na partida. O problema com sua principal estrela pareceu não abalar a equipe carioca e, aos 32, Beto tocou para Alex Alves abrir o placar. Só que, nos minutos finais, Marcelinho reclamou do árbitro Carlos Magno e foi expulso.No segundo tempo, o Vasco voltou sem alterações, enquanto o técnico Mano Menezes tirou o zagueiro Romeu para colocar o atacante Belmonte. A mudança surtiu efeito e o time gaúcho passou a pressionar.Logo nos primeiros minutos, Fábio desviou para escanteio ótima cabeçada de Belmonte. Aos poucos, o goleiro vascaíno foi se transformando no melhor jogador da partida.Com um a menos, o Vasco procurava administrar o placar e, em contra-ataques, buscava o segundo gol que eliminaria o jogo de volta. Após falha da zaga, Beto quase ampliou. Mas aos 32 minutos, Maico avançou pela direita e cruzou para Dauri empatar a partida. O 15 de Novembro ainda tentou, mas não conseguiu chegar à vitória.

Agencia Estado,

17 de março de 2004 | 22h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.