Marcelinho: nova ação de cobrança

A data ainda não está confirmada. Mas os advogados do meia Marcelinho já definiram que nesta semana vão entrar com uma "ação de cobrança" contra o Corinthians. A idéia é conseguir os R$ 7,5 milhões que o jogador alega ter o direito de receber do clube referentes ao direito de imagem.Como a Justiça condenou na última semana, em primeira instância, o atleta a pagar R$ 5.020.000,00 de indenização ao clube (R$ 1.020.000,00 pela rescisão antecipada e imotivada do contrato de trabalho e R$ 4 milhões por rompimento do vínculo esportivo), fica a questão: seria possível um simples acordo para que se pague apenas a diferença entre os valores?Segundo o advogado do meia, João Paulo Morello, a resposta é sim. Mas existem alguns fatores que dificultam o entendimento. "Pode haver um procedimento judicial chamado compensação, que nada mais é do que o pagamento da diferença quando as duas partes envolvidas possuem débitos", explicou. "Mas seria uma atitude para o futuro." O magistrado afirmou que, nesse momento, não sente a disposição de nenhum do lados em formalizar esse tipo de acordo.Clareza - Sobre a sentença assinada pelo juiz Manoel Antonio Ariano, da 74ª Vara do Trabalho de São Paulo, que trata da questão trabalhista, a defesa de Marcelinho entrou com um recurso nesta segunda-feira. No documento, a defesa alega que alguns pontos da sentença estão "obscuros" e pede esclarecimentos. "Um deles é a questão dele (Marcelinho) pode jogar ou não no Japão", observou Morello.A expectativa do advogado é de que um novo parecer de Ariano saia em uma semana. "Com isso em mãos, vamos analisar um recurso numa instância superior, no caso o Tribunal Regional do Trabalho (TRT)."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.