Marcelo admite atuação tecnicamente ruim do Cruzeiro e já pensa no São Paulo

O técnico Marcelo Oliveira avaliou que erros técnicos, no último passe e nas finalizações, acabaram sendo determinantes para que o Cruzeiro fosse derrotado pelo Corinthians por 1 a 0, no último domingo, na Arena Pantanal, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Além disso, avaliou que o confronto foi equilibrado, mesmo reconhecendo que o nível técnico do duelo foi baixo, ainda mais que os times não atuaram com a força máxima.

Estadão Conteúdo

11 de maio de 2015 | 09h25

"No meu modo de ver foi um jogo muito equilibrado por dois times que vieram mesclados, e isso tornou o jogo sem grandes oportunidades no primeiro tempo, com muita marcação e o Corinthians com um jogo característico de jogar e fizeram muito bem no segundo tempo que é voltar o time todo, congestionar a área defensiva e fazer contra-ataques. Achei que o Cruzeiro melhorou no segundo tempo criou algumas oportunidades e infelizmente pecou na parte técnica, na ultima jogada e no ultimo passe", disse Marcelo.

Após a derrota na estreia no Brasileirão, o Cruzeiro volta as suas atenções para o jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores contra o São Paulo, quarta-feira, no Mineirão. O time precisa reverter a vantagem do adversário, que venceu o primeiro duelo por 1 a 0, e agora Marcelo avalia a melhor formação, especialmente no setor ofensivo.

"Vou observar o descanso dessa equipe até na próxima quarta-feira e formar o time que possa ser defensivamente equilibrado e que possa ter um apelo defensivo maior com um pouco mais de inspiração, um pouco mais de boa técnica para que chegue com perigo até o gol do São Paulo. Precisamos ganhar força para quarta-feira e reverter este placar na Libertadores", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.