Alberto Estévez/Efe
Alberto Estévez/Efe

Marcelo Bielsa afirma que eliminação do Chile foi 'justa'

Para o treinador, superioridade da seleção brasileira foi 'evidente' no confronto nas oitavas

AE, Agência Estado

28 de junho de 2010 | 19h12

Depois da derrota por 3 a 0 para o Brasil, nesta segunda-feira, 28, o técnico Marcelo Bielsa afirmou que a eliminação da seleção chilena foi "justa". Para o treinador, sua equipe fez por merecer a vaga nas oitavas de final, mas não conseguiu ser superior ao time de Dunga para seguir na Copa do Mundo.

Veja também:

linkBrasil passa pelo Chile e encara a Holanda nas quartas

mais imagens GALERIA: Brasil 3 x 0 Chile

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador

"Chegamos a esta partida de maneira justa, e a eliminação também foi justa. Talvez o placar pudesse ter sido um pouco mais curto, mas, em linhas gerais, a superioridade do rival ficou evidente", analisou o treinador argentino.

Bielsa elogiou a eficiência do time do Brasil, que soube aproveitar as melhores chances de gol. "Tínhamos dificuldade para levar a bola até os jogadores que estavam livres. E com o Brasil aconteceu o contrário. Onde oferecíamos uma brecha, o Brasil percebia e aproveitava".

"E sair atrás contra eles é sempre muito complicado. Demonstramos nosso trabalho como um dos elencos mais jovens da competição, o que permite pensar que, com maior experiência, se pode evoluir no futuro", previu o treinador, que evitou comentar a sua permanência no cargo.

O técnico, porém, mostrou desânimo ao avaliar a situação do Chile em comparação às grandes seleções. "Temos feito um grande esforço para reduzir a diferença para as seleções que, a priori, eram superiores a nós. Mas as distâncias entre nós e as grandes equipes ainda existe", destacou.

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.