Luiz Henrique/Figueirense
Luiz Henrique/Figueirense

Marcelo Cabo é demitido do Figueirense após derrota para o Vila Nova

Técnico não resiste a revés dentro de casa, pela Série B

Estadão Conteúdo

29 de julho de 2017 | 22h34

Marcelo Cabo não é mais técnico do Figueirense. Ele não resistiu à derrota para o Vila Nova-GO, por 1 a 0, na tarde deste sábado, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, e acabou demitido do cargo. Ele foi comunicado oficialmente sobre a sua demissão depois do jogo.

O Figueirense iniciou a Série B sendo tratado como um dos candidatos ao acesso, chegou a vencer seus dois primeiros jogos, mas acabou caindo de produção e se afundando na zona de rebaixamento. Tanto que já é a segunda vez que muda de técnico durante esta edição da competição. Antes de Marcelo Cabo, Márcio Goiano era o comandante.

Leia Também

Tabela da Série B

Marcelo Cabo, que começou o Brasileirão pelo Atlético-GO, fez dez jogos dirigindo a equipe catarinense, com duas vitórias, dois empates e seis derrotas. Deixou o time na 18.ª colocação, com 16 pontos, a quatro do Paysandu, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

A expectativa é a de que um novo nome seja anunciado no início da próxima semana. Até a definição, o time será comandado pelo auxiliar Gugu. Nomes como de Alexandre Gallo, ex-Vitória, e Mazola Junior, ex-CRB, são os mais cotados.

O próximo compromisso do Figueirense vai ser diante do Juventude, em partida marcada na próxima terça-feira, às 19h15, novamente no Orlando Scarpelli, pela 18.ª rodada, a penúltima do primeiro turno da Série B.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMarcelo CaboFigueirense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.