Gilvan de Souza/Divulgação
Gilvan de Souza/Divulgação

Marcelo chega ao Fla e promete que honrará investimento

Atacante, que estava no Atlético Paranaense, custou cerca de R$ 15 milhões ao clube carioca. 'Estou preparado', afirmou o jogador 

Ronald Lincoln Jr., Estadão Conteúdo

02 de janeiro de 2015 | 18h25

é agora, a contratação do atacante Marcelo foi a principal aposta do Flamengo para 2015. O jogador foi apresentado oficialmente na tarde desta sexta-feira na sede do clube, na Gávea, zona sul do Rio. Em sua primeira declaração como atleta do clube, ele garantiu que vai fazer valer o investimento em sua contratação e mostrará que é jogador de "time grande". A contratação girou em torno de R$ 15 milhões.

"A desconfiança é pelo alto valor que o Flamengo está investindo em mim. Isso será o meu maior desafio. Mas como disse para os diretores e para mim mesmo, sou capaz de deixar isso de lado e fazer todo mundo ver que sou jogador de time grande", afirmou o novo dono da camisa 7 rubro-negra. "Não digo que será um peso. Estou preparado para vestir o uniforme do Flamengo."


O atacante vai reeditar a parceria com meia Everton. Ambos se destacaram juntos no Atlético-PR, em 2013. "Ainda não tive contato com ele, mas a dupla deu certo no ano de 2013. Sem dúvidas, espero que no Flamengo seja ainda melhor."

O presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, creditou a contratação aos recursos obtidos por meio do programa de sócio-torcedor, e prometeu mais contratações de peso no decorrer do ano. "Gostaria de prometer a vocês que se atingirmos 80 mil sócios até metade de 2015 vamos fazer outra operação do porte dessa." Atualmente, o Flamengo conta com cerca de 50 mil sócios.

O elenco rubro-negro se apresenta ao clube na próxima segunda-feira para dar início à pré-temporada. A expectativa é que na ocasião sejam confirmados os nomes de outros quatro reforços. São eles: o zagueiro Bressan, o meia Arthur Maia e os laterais Pará e Thallyson.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoCampeonato Carioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.