Marcelo Cordeiro fala em tom de despedida no Botafogo

Com vínculo somente até o final deste ano, o lateral-esquerdo Marcelo Cordeiro já fala em tom de despedida no Botafogo. O jogador, que estava emprestado, deve retornar ao Internacional, clube que detém os seus direitos.

AE, Agência Estado

15 de dezembro de 2010 | 19h49

"Estava aguardando posição do Botafogo para que eu pudesse decidir o meu futuro, mas até agora não houve contato e o que estou sabendo é apenas pela imprensa. Como não me contataram, acredito que eu não devo permanecer no Botafogo", disse o jogador, em entrevista à Rádio Brasil.

"Eles têm o poder de decidir se querem ficar com o atleta ou não. Fui eleito o melhor lateral do Campeonato Carioca. É claro que esperava permanecer, até porque é dito por todos que uma das posições mais carentes no futebol brasileiro é a lateral esquerda" comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoMarcelo Cordeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.