Eddie Keogh / Reuters
Eddie Keogh / Reuters

Marcelo é cortado e Tite chama Alex Sandro para as Eliminatórias

Jogador da Juventus deve atuar contra Bolívia e Chile pelas Eliminatórias

Marcio Dolzan, Estadão Conteúdo

22 de setembro de 2017 | 13h31

A comissão técnica da seleção brasileira decidiu cortar o lateral-esquerdo Marcelo e convocar Alex Sandro, da Juventus, para os dois últimos jogos da seleção nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo. A mudança se deve a uma lesão muscular que o jogador do Real Madrid sofreu na perna esquerda na derrota do time para o Betis, na quarta-feira, pelo Campeonato Espanhol.

"O Real Madrid foi muito solícito e enviou os exames realizados pelo Marcelo. Após analisarmos, ficou clara a necessidade de uma recuperação maior, o que impede sua participação nos próximos jogos", disse o médico da seleção, Rodrigo Lasmar, em comunicado publicado no site da CBF.

Mais cedo, o clube espanhol publicara curto comunicado em seu site oficial em que informava que "exames realizados por Marcelo no Hospital Universitário Sanitas La Moraleja diagnosticaram uma ruptura fibrilar de grau 2 na parte posterior do bíceps da perna esquerda".

Como de costume em casos de lesão de seus jogadores, porém, o clube não estabeleceu um prazo previsto de afastamento do atleta e apenas se limitou a dizer que o retorno aos gramados estará "pendente de evolução" da lesão.

A seleção brasileira começa a se apresentar na Granja Comary no domingo, 1º de outubro, onde fará três treinos. O time encara a Bolívia, em 5 de outubro, em La Paz, e encerra sua participação nas Eliminatórias diante do Chile, cinco dias depois, no Allianz Parque, em São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.