Marcelo Fernandes nega relaxamento do Santos e elogia atuação

O técnico Marcelo Fernandes evitou criticar seus comandados pelo empate por 2 a 2 diante do Maringá na última quarta-feira, fora de casa, no jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil. O Santos chegou a abrir 2 a 0 de vantagem, mas viu o adversário reagir na fase final da partida e chegar à igualdade. Apesar disto, o treinador descartou um relaxamento exagerado por parte dos jogadores.

Estadão Conteúdo

07 de maio de 2015 | 10h04

"Não vejo relaxamento. A partir dos 30 minutos, a equipe deu uma cansada, o campo é grande. São jogadores que não vêm jogando. Agora, gostei muito da atitude da minha equipe no segundo tempo, voltou ligada, perdemos alguns gols. Mas foi um placar justo, normal", disse o técnico, que optou por escalar um time reserva.

Agora, o Santos se prepara para a estreia do Brasileirão diante do Avaí, domingo, fora de casa, quando deve ter o retorno dos titulares. "A tendência é que todos voltem, já que ficaram em Santos. Vamos inteiros contra o Avaí e, dependendo do resultado dos exames, vamos tentar colocar o que temos de melhor na próxima quarta, na volta contra o Maringá", comentou Marcelo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.