Marcelo Mattos consolida liderança

O até então tímido Marcelo Mattos não teve dúvidas quando viu Carlos Alberto não acompanhar os atacantes do Goiás aos 20 minutos do segundo tempo. Se esquecendo ter sido comprado por ?apenas? US$ 1 milhão enquanto o jogador campeão mundial pelo Porto custou sete milhões de euros, o volante que atuava no São Caetano xingou o quanto pôde.Surpreso com a ousadia, Carlos Alberto não só retrucou como quis partir para a briga. Betão o segurou. A torcida acompanhou tudo e não teve dúvida: o Pacaembu inteiro gritava: ?Marcelo Mattos, Marcelo Mattos?. Em compensação, bastava Carlos Alberto tocar na bola que era vaiado.?Se a gente brigar e o time vencer é o que importa. O Carlos Alberto sabe o que eu falei para ele e o que respondeu. Se precisar cobrar, eu cobro mesmo. Em relação à reação da torcida, não vou opinar. Ela fez o que achou que deveria fazer?, dizia Marcelo Mattos, capitão do time e novo líder em quem Márcio vai investir.Não bastasse ter levado a melhor na fogueira das vaidades, Marcelo Mattos ainda fez o gol de empate aos 41 minutos do segundo tempo que assegurou a liderança corintiana no primeiro turno.?Foi o meu quarto gol no Brasileiro. Eu não sou de marcar, mas está bom. O importante é esse clima de confiança que passa a dominar o nosso time.? Enquanto Mattos recebia todos os elogios, Carlos Alberto se explicava.?Ele me cobrou e eu disse que não tive tempo para acompanhar o jogador do Goiás. Mas depois conversamos no vestiário e está tudo resolvido. Somos amigos.? Em relação à reação da torcida, Carlos Alberto foi claro.?Eu sou um jogador consagrado que não vou me abalar com o comportamento dos torcedores. Sei que joguei bem e fiz o time melhorar no segundo tempo. Estou recuperando o meu melhor futebol. E num excelente momento: quando o Corinthians está pronto para dar a arrancada no segundo tempo. Vamos fazer como o Cruzeiro e o Santos que ganharam o primeiro turno e depois o campeonato.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.