Marcelo Mattos volta a treinar com bola no Botafogo

O treino do Botafogo deste sábado foi marcado pela emoção. Antes do início da atividade, os jogadores aplaudiram a entrada de Marcelo Mattos em campo. O volante está em fase final de recuperação de uma operação no quadril e voltou a treinar com bola, após sete meses afastado.

AE, Agência Estado

22 de setembro de 2012 | 19h05

Marcelo Mattos não atua desde a fase final do Campeonato Carioca, quando passou a sentir dores no quadril. Ele tentou voltar algumas vezes, mas as dores persistiram e fizeram com que o volante passasse por uma cirurgia. Por isso, quando entrou no gramado neste sábado, foi abraçado pelos jogadores e integrantes da comissão técnica.

"A gente fica muito feliz. Vimos o empenho dele, tudo que ele passou durante esse período de lesão. Ficamos muito felizes de ver ele voltar, tocar na bola. Desejamos toda a sorte para ele nessa volta e que ele possa se recuperar o mais rápido possível. É um jogador fundamental para o grupo, e, quem sabe, poderemos contar com ele nessa reta final", declarou o lateral Lucas.

O próprio Lucas foi outro jogador bastante festejado neste sábado. De volta da seleção brasileira, após ser titular diante da Argentina, no Superclássico das Américas, ele foi parabenizado pelos companheiros e comentou sobre a experiência de defender as cores do País.

"É muito bom estar no grupo da seleção, com jogadores espetaculares e que já fizeram muito pelo Brasil. É um misto de ansiedade e felicidade por ser a primeira partida. Foi muito bom estar ali no grupo, ainda mais vencendo a Argentina", disse.

Mesmo tendo sido convocado, Lucas garantiu que ainda não está satisfeito. Aos 24 anos, o lateral se vê em processo de evolução na carreira. "Estou num processo positivo de evolução. Agora é dar sequência para trazer coisas boas para o Botafogo, para a torcida, diretoria e toda comissão técnica".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoMarcelo Mattos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.