Marcelo não teme improvisação na lateral do Atlético-PR

Atacante, o jovem Marcelo ganhou as suas primeiras oportunidades no Atlético Paranaense na reta final do Campeonato Brasileiro de 2009 e fez o seu primeiro gol como profissional na derrota para o Fluminense por 2 a 1. Em 2010, ele pode atuar fora de sua posição, já que o técnico Antônio Lopes o tem testado na lateral direita. E Marcelo não tema a nova função.

AE, Agencia Estado

11 de janeiro de 2010 | 17h53

"Eu estou trabalhando forte e me preparado para jogar. Nos treinamentos o Lopes me colocou pelo lado do campo e se for preciso estou pronto para isso. O mais importante é estar preparado para ajudar a equipe", afirmou, empolgado com a possibilidade de ser titular do Atlético-PR no início da temporada.

Marcelo promete fazer muitos gols em 2010, mesmo se não for escalado como atacante. "O que o Lopes me pede é basicamente um lateral avançado, que ataca bastante, mas também marca. Mas a minha característica é de atacante. Então tenho que me preocupar em fazer gols, independente da posição que eu atue", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-PRMarcelo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.