Sergio Castro/Estadão
Sergio Castro/Estadão

Marcelo Oliveira destaca superação de Arouca contra Cruzeiro

Volante foi titular pela primeira vez após se recuperar de lesão

DANIEL BATISTA, O Estado de S. Paulo

22 Novembro 2015 | 15h37

O volante Arouca foi titular pela primeira vez do Palmeiras após voltar de uma lesão que o afastou dos gramados por pouco mais de um mês. A ideia do técnico Marcelo Oliveira era fazer com que ele atuasse apenas em uma parte da partida contra o Cruzeiro, no sábado, para poder descansar e chegar 100% na decisão com o Santos, quarta-feira, pela Copa do Brasil. Entretanto, a dificuldade do jogo fez com que os planos sofressem alterações.

"A previsão era para que ele jogasse meio tempo ou um pouco mais, para ele ir ganhando ritmo necessário para participar na quarta-feira, mas pelas circunstâncias do jogo, você começa a querer que ele participe um pouco mais, pela qualidade que tem. Eu ia tirá-lo, mas o consultei e ele falou que estava bem", contou Marcelo Oliveira.

O volante, que se recuperou de um deslocamento muscular na região posterior do joelho direito, aprovou sua participação na partida e o fato de ter atuado sem sentir dores. "Tive o cansaço normal do jogo, que exigiu bastante de nós. Saio feliz por não ter sentido incômodo, mas queríamos ter saído com a vitória. Agora, é descansar e nos preparar contra o Santos", destacou o volante, que lamenta não ter participado dos últimos jogos do time alviverde.

"Eu não jogo sozinho, mas sei que posso contribuir para ajudar o Palmeiras. É horrível ficar fora e péssimo não poder fazer o que mais gosta", lembrou.

Arouca deve ser titular na partida contra o Santos. A tendência é que Zé Roberto seja escalado na lateral esquerda e o volante entre no time para atuar ao lado de Amaral, Robinho, Dudu e Gabriel Jesus, com Lucas Barrios à frente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.