Marcelo Oliveira diz que faltou inspiração ao Cruzeiro

O técnico Marcelo Oliveira avaliou que faltou inspiração ao Cruzeiro no empate por 0 a 0 com o Santos, domingo, no Mineirão, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para ele, o time lutou muito, mas não teve qualidade para encontrar espaços na defesa adversária, além de ter pecado pela ansiedade.

AE, Agência Estado

12 de agosto de 2013 | 09h36

"Não jogamos bem hoje, transpiramos muito, grande volume, mas a inspiração foi pequena. Um pouco de ansiedade na hora de fazer a jogada final, na hora de construir melhor a jogada", declarou Marcelo, que também lamentou as chances de gol perdidas pelo Cruzeiro diante do Santos.

"Nós lutamos o tempo todo, todos foram comprometidos. Faltou um pouco mais de inspiração, temos que melhorar nesse aspecto. Porque em um campeonato difícil como esse, você ter duas situações de gol contra um dos grandes, tem que ter um poder maior de definição e isso nós temos cobrado em algumas partidas", completou.

O empate por 0 a 0 com o Santos foi suficiente para deixar o Cruzeiro na liderança do Campeonato Brasileiro, com 25 pontos. Mas mesmo assim Marcelo lamentou, lembrando que o time perdeu a chance de se distanciar do vice-líder Botafogo, que também está com 25 pontos, e do Coritiba, o terceiro, com 23, que também não venceram neste fim de semana.

"A gente lamenta, acho que pelo momento do Cruzeiro, nós perdemos uma grande oportunidade de abrir dois pontos do Botafogo e mais pontos do Coritiba. É apenas uma lamentação, mas é um empate que também lá na frente pode ser importante esse pontinho", afirmou.

Marcelo destacou a necessidade do Cruzeiro recuperar os pontos perdidos na próxima quarta-feira, quando o time vai enfrentar o Grêmio, fora de casa, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Trabalhar muito e mobilizar muito para o jogo do Grêmio. Quem quer buscar conquistas, quem quer estar na frente, precisa trabalhar com empenho, com a determinação que trabalhamos, e com um pouco mais de tranquilidade para fazer os gols", observou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.