André Lessa/Estadão
André Lessa/Estadão

Marcelo Oliveira e Rondinelly esperam chance de Kleina

Jogadores tentam conquistar espaço no Palmeiras

AE, Agência Estado

26 de junho de 2013 | 16h49

SÃO PAULO - O período de intertemporada, com maior número de treinos táticos e técnicos, é uma grande oportunidade para jogadores que estão sem espaço conquistarem seus treinadores para ganharem uma nova chance na equipe. No Palmeiras, esse é o caso, entre outros, de Marcelo Olivera e Rondinelly.

O volante chegou ao clube no começo do ano com fama de polivalente, mas foi perdendo espaço, tanto que só entrou em dois jogos da Série B. No Paulistão, não jogou em nem metade das partidas da equipe.

"Estou à disposição para atuar em todas as posições. O elenco está cheio, claro que a disputa fica mais complicada, mas meu pensamento é ajudar, independentemente da posição. Sou volante, joguei de lateral e cheguei a ter uma oportunidade como zagueiro. Quero estar pronto para ajudar o Palmeiras quando precisarem de mim", declarou o jogador, em campanha por mais espaço com Gilson Kleina.

Já o meia Rondinelly, contratado junto ao Grêmio no fim de fevereiro, só fez dois jogos com a camisa do Palmeiras e ainda não experimentou a sensação de ser titular. Ele quer aproveitar a intertemporada para mudar a cabeça do treinador.

"Estou trabalhando bastante desde que cheguei e não consegui ainda ter uma sequência. Estou em busca de uma oportunidade para mostrar o que joguei no Grêmio no ano passado. O Kleina tem falado que o grupo está grande e que na hora certa vai me usar. Ele sabe do meu potencial. Eu vou continuar com a mesma dedicação para entrar e não sair mais do time", afirmou Rondinelly.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.