Marcelo Oliveira exalta atuação de reservas do Cruzeiro

Depois de poupar os titulares visando a estreia na Copa Libertadores, nesta quarta-feira, contra o Real Garcilaso, em Huancayo, no Peru, o técnico Marcelo Oliveira viu uma equipe repleta de reservas derrotar o América-MG por 2 a 0, no último domingo, no Mineirão, e se garantir na liderança isolada do Campeonato Mineiro. Após o confronto, o treinador não deixou de admitir que foi surpreendido de certa forma com a eficiência do time, que por razões óbvias não tinha o entrosamento ideal.

AE, Agência Estado

10 de fevereiro de 2014 | 10h49

"Para a nossa surpresa muito positiva, o time jogou muito bem, equilibrado, atacando na hora certa, dando poucas oportunidades ao América-MG. Temos a certeza absoluta que temos realmente um grupo muito bom, bem treinado e capaz de você trocar peças no decorrer das competições e sem perda de qualidade", ressaltou.

O comandante também exaltou a importância de o Cruzeiro ter vencido e se mantido invicto na competição estadual, na qual agora acumula três vitórias e um empate em quatro partidas disputadas. "O resultado era importante, nos mantemos na frente e esse jogo teve um sentido de observação também, ver jogadores que normalmente não vêm jogando, que fizeram a pré-temporada forte, mas não tinham o ritmo adequado. Havia esse cuidado de estarmos bem organizados em campo para não desgastarmos muito", enfatizou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroMarcelo Oliveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.