Daniel Teixeira/ Estadão
Daniel Teixeira/ Estadão

Marcelo Oliveira faz elogios e vê recuperação da defesa do Palmeiras

Treinador define dupla de zaga com Jackson e Vitor Hugo

GONÇALO JUNIOR, Estadão Conteúdo

02 de outubro de 2015 | 15h21

Depois de um longo período de instabilidade, a defesa do Palmeiras melhorou. A avaliação foi feita pelo técnico Marcelo Oliveira, que chegou a fazer vários testes até definir Jackson e Vitor Hugo como zagueiros da equipe. No clássico contra o São Paulo, os zagueiros tiveram boa atuação e conseguiram anular as jogadas ofensivas do rival, o mesmo que aconteceu no jogo contra o Internacional, no Beira-Rio. Apesar dos problemas que a equipe enfrentou na vitória sobre o mesmo Inter por 3 a 2, quando chegou a comandar o placar por 2 a 0, o treinador afirma que os erros diminuíram.

"Diminuiu bastante o erro na defesa. O Vitor Hugo está muito firme, muito bem e colaborando até no setor ofensivo. O Jackson deu uma afirmada. A ação do time, dos volantes e o entrosamento entre os dois são importantes", disse o treinador em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira, na Academia de Futebol.

Para a partida contra a Chapecoense, domingo, fora de casa, o treinador tem duas dúvidas no meio-campo: Robinho e Zé Roberto. O primeiro foi substituído na etapa inicial do jogo de quarta-feira por causa de dores musculares. O segundo saiu muito desgastado da partida. Thiago Santos, suspenso, está fora do jogo de domingo. O treinador já definiu eventuais substitutos de Robinho e Zé.

"Ainda não temos a definição sobre Robinho e Zé Roberto. Até amanhã (sábado) será resolvido. Os dois saíram com pequenas dores musculares. Se não for o Zé Roberto, vamos colocar o Egídio, que foi muito bem no penúltimo jogo. O Rafael Marques ocuparia a vaga do Robinho, caso ele não possa jogar", revelou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.