Marcelo Oliveira lamenta derrota no Atlético-MG e pede reforços

A reestreia de Marcelo Oliveira no comando do Atlético-MG não foi da forma que o técnico e a torcida esperavam. Em pleno Independência, a equipe foi atropelada pelo Grêmio na noite de quinta-feira e caiu por 3 a 0, na terceira rodada do Campeonato Brasileiro. A atuação e o resultado, como era de se esperar, deixaram o treinador bastante chateado.

Estadão Conteúdo

27 de maio de 2016 | 11h30

"Precisávamos fazer um melhor jogo para retribuir o apoio da torcida, mas o Grêmio chegou muito forte e conseguiu os gols. Até o 2 a 0, eu achei que a gente estava firme na perspectiva de reagir. Com o terceiro gol, que saiu com uma série de erros do nosso time, o Grêmio ficou atrás e passou a tocar a bola", comentou.

Marcelo explicou que não tentaria achar desculpas para a derrota, mas não conseguiu escapar das lamentações pelos muitos desfalques do Atlético-MG. Entre convocados para as seleções e lesionados, o time mineiro não pôde contar com dez nomes na partida de quinta-feira.

"Qualquer coisa que o técnico fale depois de uma derrota como essa pode soar como desculpa. Jogamos com lateral improvisado, depois trocamos por outro improvisado, não tivemos um atacante de área e um meia. Mas não importa, poderíamos ter feito um jogo mais firme e marcado mais", disse o treinador.

Até por conta destes problemas, Marcelo fez questão de pedir reforços à diretoria. "Quando se fala em reforços para um grupo considerado muito bom, pode soar estranho. Mas há jogadores na seleção, outros lesionados. Não tivemos um jogador de pé esquerdo pelo lado em um sistema defensivo e também não tínhamos um atacante de área. E estamos com três zagueiros. Vamos conversar internamente, pois precisamos estar fortes e com jogadores que possam entrar e contribuir de acordo com o que está saindo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.