Bruno Cantini| Atlético-MG
Bruno Cantini| Atlético-MG

Marcelo Oliveira lamenta empate do Atlético-MG na Bahia

'Acho que faltou mais atenção,' afirmou o comandante

Estadão Conteúdo

30 de maio de 2016 | 10h45

O técnico Marcelo Oliveira não escondeu a sua decepção com o fato de o Atlético-MG ter cedido empate por 1 a 1 ao Vitória aos 33 minutos do segundo tempo do jogo realizado neste domingo, em Salvador, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador afirmou que o time poderia ter saído da Arena Fonte Nova com um triunfo, mas acabou não tendo competência para isso e fechou o domingo na 11ª posição da tabela da competição, com cinco pontos ganhos.

"A equipe do Vitória é bem armada, mas acho que, pelo fato de ter feito o (Atlético) gol antes e sustentado até os 34 (na realidade, 33 minutos), acho que faltou mais atenção para levar até o final e aproveitar melhor os contra-ataques", afirmou o comandante.

Marcelo, entretanto, admitiu que a instabilidade é um fato comum entre todas as equipes neste início de Brasileirão, no qual agora o Atlético projeta o duelo diante do Fluminense, às 21h45 desta quarta-feira, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

"A gente lamenta o empate pelas circunstâncias, mas o campeonato está em uma fase inicial e precisamos vencer para voltar ao bolo. Neste momento, perde-se e ganha-se muitas posições, então esperamos pontuar na quarta-feira", completou o técnico, que também reconheceu as dificuldades impostas pelos fatos de que o time atleticano contabilizou 11 desfalques para o confronto e ainda atuou fora de casa. "Tem dois lados esse resultado. O adversário estava completo, nosso time desentrosado, jogadores que não vinham jogando juntos", lembrou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.