Marcelo Oliveira lamenta empate em estreia no Vasco

O técnico Marcelo Oliveira estreou pelo Vasco no último domingo, no empate por 1 a 1 diante do Cruzeiro, em Varginha. Ele avaliou como justo o resultado, mas não deixou de lamentar os dois pontos perdidos, que levariam a equipe carioca a 45 pontos, se aproximando do líder Fluminense (53) e do segundo colocado Atlético-MG (51), que perderam na rodada.

AE, Agência Estado

17 de setembro de 2012 | 12h14

"No segundo tempo o Vasco foi para cima, ajustamos alguns setores de marcação. O Montillo e o Wallyson estavam movimentando e trazendo problemas. A gente acertou, buscou o ataque o tempo todo, teve boas chances, então ficou um resultado justo. Mas há uma pontinha de tristeza porque os dois da frente perderam e o Vasco poderia diminuir a diferença", declarou.

O treinador, no entanto, gostou da atuação de seus comandados e disse que a quantidade de oportunidades criadas o animam para as próximas partidas. "Fica a sensação que dava para sair com a vitória com os gols perdidos. Isso dá uma esperança que podemos fazer bons jogos e vencer as próximas partidas".

A mesma análise foi feita pelo volante Wendel, que espera agora uma sequência de bons resultados para que o Vasco entre na briga pelo título. "Eu diria que foi um placar justo, é uma pena que dava pra encostar mais, os adversários tropeçaram, mas não fizemos nosso dever. Vamos tentar fazer uma arrancada de três ou quatro vitórias e, quem sabe, se eles continuarem tropeçando, a gente pode encostar", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.