Marcelo Oliveira lamenta erros do Cruzeiro e cobra reação do time

Apesar da derrota, treinador não critica pênalti diperdiçado por Dagoberto

Agência Estado

12 de março de 2014 | 08h26

MONTEVIDÉU - Marcelo Oliveira lamentou os erros cometidos pelo Cruzeiro na derrota para o Defensor Sporting por 2 a 0, na noite de terça-feira, pela Copa Libertadores. O técnico atribuiu o tropeço às chances desperdiçadas no primeiro tempo, mas minimizou o pênalti perdido por Dagoberto na etapa final, quando o time uruguaio vencia por 1 a 0.

"Jogamos melhor no primeiro tempo, tivemos pelo menos três oportunidades e o controle do jogo. A única vez que eles chegaram foi com um erro nosso e esses erros no segundo tempo provocaram o gol. Não matamos o jogo na hora certa e sofremos essa derrota que não pode nos abalar", afirmou Oliveira.

Apesar de condenar os erros, o treinador evitou criticar a chance desperdiçada por Dagoberto no segundo tempo. "O pênalti foi um momento psicológico do jogo, se faz o pênalti com um a mais é diferente. Não tem que crucificar ninguém, todo mundo correu muito, o adversário jogou bem. É um adversário muito rápido no contra-ataque, que tem boa técnica e hoje a gente estava um pouco inspirado também".

O pênalti gerou a expulsão do zagueiro Arias, deixando o Cruzeiro em vantagem numérica em campo. Mesmo assim, o time brasileiro não conseguiu buscar o empate. E ainda sofreu o segundo gol do time uruguaio, também marcado pelo brasileiro Felipe Gedoz.

"Tem que absorver [a derrota], saber que erramos muito hoje, mas reagir imediatamente. Vamos reagir, vamos em frente e trabalho não vai faltar para isso. Agora, na volta, nós temos dois jogos em casa e um fora. Temos que ter aproveitamento de 100% em casa e tentar buscar um resultado lá (no Chile), contra a Universidad de Chile", projetou.

Com o resultado, o Cruzeiro soma duas derrotas e apenas uma vitória no Grupo 5 da Copa Libertadores. A reação poderá ter início já na próxima semana, justamente contra o Defensor. O time brasileiro vai receber o rival uruguaio no Mineirão, na quinta da semana que vem, dia 20.

RETORNO

A delegação cruzeirense retornará ao Brasil na manhã desta quarta-feira. Mas só vai voltar aos trabalhos na quinta, para iniciar a preparação para o duelo contra o Tombense, domingo, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroMarcelo Oliveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.