Washington Alves/Estadão
Washington Alves/Estadão

Marcelo Oliveira relaciona vitória a comprometimento do Cruzeiro

Para o técnico, primeiro gol de Willian foi decisivo na partida

AE, Agência Estado

12 de setembro de 2013 | 08h41

BELO HORIZONTE - Melhor time da atual edição do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro segue tendo quatro pontos de vantagem sobre o segundo colocado na liderança da competição. Nesta quarta-feira à noite, venceu o Goiás, por 2 a 1, fora de casa, na abertura do returno. Para o técnico Marcelo Oliveira, o resultado, conquistado de virada, mostrou comprometimento do grupo de jogadores celestes.

"Foi determinante acreditarmos sempre. Começamos o jogo bem, depois demos espaço para o adversário e aquele gol (de empate) foi fundamental. O gol no futebol tem um poder psicológico muito grande. A garra, o comprometimento e a entrega também foram importantes, erramos em alguns momentos, acertamos em outros, mas o comprometimento foi total em função da vitória", destacou o treinador.

Na opinião dele, o lance que mudou o jogo foi o primeiro dos dois gols de Willian, marcado aos 38 minutos do primeiro tempo, garantindo tranquilidade antes de a equipe ir para o vestiário. Marcelo Oliveira também salientou que o resultado cresce em expressão por ter sido contra um adversário forte como é o Goiás.

"Vitória importantíssima para começarmos o returno com a mesma diferença de pontos. Vitória contra um adversário fortíssimo, que não por acaso, não perdia aqui há um bom tempo. É um time bem comandado, técnico, rápido e competitivo. Resultado muito valorizado pela qualidade do adversário", destacou.

Ao vencer o Goiás pela 20ª rodada, o Cruzeiro chegou aos 43 pontos, contra 39 do Botafogo, o segundo colocado. A vantagem dentro do G-4 do Brasileirão já chegou a 13 pontos. No sábado, o time mineiro tem confronto direto contra o Atlético-PR, no Mineirão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.