Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Marcelo Oliveira sai em defesa de Egídio após vaias dos palmeirenses

Técnico garante lateral como titular no jogo contra o Goiás

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

31 de agosto de 2015 | 10h42

O lateral-esquerdo Egídio não teve uma boa atuação contra o Joinville, foi substituído, mas ganhou o apoio do técnico Marcelo Oliveira, que não ligou para as vaias da torcida do Palmeiras e já confirmou o atleta como titular do time na partida de quarta-feira, contra o Goiás, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro.

"O Egídio fez algumas partidas muito boas aqui e foi muito bem comigo no Cruzeiro. Tenho confiança e sei que preciso cobrar dele. De qualquer maneira, ele já está escalado contra o Goiás e vamos dar força a ele. Na sequência vamos ver se faremos ou não alguma troca", afirmou o comandante.

Egídio contou que saiu de campo porque sentiu dores no joelho, mas a torcida já estava pegando no pé do lateral. Por isso, Marcelo Oliveira espera conversar bastante com seu titular. "Ele é um jogador que o técnico precisa acompanhar no dia-a-dia, cuidar muito, porque emocionalmente ele se perde quando as coisas não vão bem", comentou o treinador.

O técnico acha também que o time precisa ser cobrado para que os gols relâmpagos, como o Joinville fez no domingo, não se repitam. "Precisamos nos cobrar e vamos continuar trabalhando. Levamos dois gols em poucos minutos e isso é inadmissível para quem quer chegar lá na frente", disse.

Contra o Goiás, Marcelo Oliveira espera que seu lateral-esquerdo volte a ter uma boa atuação. "Temos de ter mais atenção, cobrar mais posicionamento e aproveitar quando temos a oportunidade de marcar. Nosso time precisa estar maduro para fazer isso. Temos um elenco bom, mas ainda estamos montando. Contra o Joinville, o Egídio não foi o Egídio de outras vezes", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.