Marcelo Oliveira valoriza vitória 'bela e difícil' do líder Cruzeiro

Treinador elogia o Grêmio treinado por Felipão, mas diz que sua equipe teve paciência e capacidade para conseguir a vitória

Estadão Conteúdo

22 de agosto de 2014 | 09h37

O Cruzeiro precisou suar muito, mas venceu mais uma partida em casa pelo Campeonato Brasileiro na última quinta-feira. O gol de Dagoberto, que selou a vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, saiu somente aos 41 minutos do segundo tempo e foi o suficiente para iniciar a festa no Mineirão. A comemoração foi compartilhada pelo técnico Marcelo Oliveira, que exaltou a dificuldade que o adversário gaúcho impôs na partida.

"Foi difícil. Nós já sabíamos disso, pela qualidade do Grêmio, pelo clube que é e jogadores que tem, pelo comando do Felipão. Até achei que eles pudessem vir fechados, e vieram, isso foi falado, mas também atacaram com muito perigo e aproveitaram de alguns erros nossos no primeiro tempo. Chegaram duas ou três vezes na cara do Fábio, e nossa equipe com paciência, e com muita persistência no segundo tempo atuando mais no campo adversário. Nós martelamos e conseguimos uma bela vitória que realmente deve ser muito valorizada", declarou.

O resultado distanciou o Cruzeiro na ponta do Brasileirão, agora com 36 pontos, cinco a mais que Internacional e Corinthians. Até pelo sufoco durante quase todos os 90 minutos, com Fábio sendo um dos destaques da partida, a vitória foi extremamente celebrada pelos torcedores. E essa festa emocionou os jogadores.

"Não tem coisa melhor de você ver o Mineirão balançando dessa forma. Os cruzeirenses todos felizes. Foi uma noite maravilhosa e iluminada pelo Dagoberto, Dedé fez uma excelente jogada, mas a equipe toda está de parabéns por ter se doado ao máximo. Não podia ser diferente disso, com o resultado podemos dar essa arrancada no campeonato", comentou Nilton.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.