Marcelo Oliveira vê Cruzeiro oscilante e pede constância

A oscilação cruzeirense na vitória por 4 a 2 diante do Villa Nova, no último sábado, não agradou o técnico Marcelo Oliveira. A equipe saiu vencendo por 2 a 0, permitiu o empate e só conseguiu o triunfo após a entrada do atacante Ricardo Goulart, que marcou os dois gols decisivos. Para o treinador, isso é sinal de um time ainda em formação.

AE, Agência Estado

31 de março de 2013 | 12h29

"Mantivemos o equilíbrio emocional para buscarmos o resultado e contamos também com a parte individual, com o banco. Nosso time é um time em formação, que tem apresentado coisas boas e o desafio do momento é manter uma constância melhor. Foi uma vitória que fortalece, que estimula para a sequência do trabalho", declarou.

Apesar de admitir a oscilação, o treinador gostou do espírito mostrado pelo grupo. "Gostei da vitória e principalmente do espírito de jogo e da reação. Nós não nos desesperamos diante do resultado e soubemos buscar a vitória. Tem que ter esse equilíbrio, não existe jogo fácil, grandes equipes às vezes perdem, empatam e é muito importante chegar na frente para obter as vantagens nas decisões."

Para o atacante Borges, autor do primeiro gol, a queda no desempenho cruzeirense foi causada pelo Villa Nova. O jogador fez questão de elogiar o adversário, que até sábado estava invicto e tinha a melhor defesa do Campeonato Mineiro. Agora, está na terceira colocação, com 15 pontos, sete atrás do próprio Cruzeiro.

"O Villa (Nova) vem fazendo uma grande campanha, era um dos times até então invictos na competição, junto conosco, melhor defesa e a gente tinha consciência que tinha que trabalhar bastante. A superação e o espírito do grupo fez com que a gente tivesse tranquilidade em um momento muito difícil para ir em busca mais uma vez do resultado", analisou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroMarcelo Oliveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.