Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Marcelo Oliveira vê Palmeiras ideal com um centroavante

Leandro Pereira foi dono da função na goleada deste domingo

DANIEL BATISTA, O Estado de S. Paulo

29 de junho de 2015 | 07h06

O técnico Marcelo Oliveira chegou recentemente ao Palmeiras, mas já tem algumas convicções em relação ao elenco. Uma delas, é que ele não abrirá mão de atuar com um centroavante. O treinador admitiu que, sem poder contar com Alecsandro, machucado, chegou a pensar em escalar o time sem uma referência na área, mas os treinamentos mostraram que a melhor opção seria manter o esquema tático.

"É importante ter um jogador enfiado na área, saindo para a tabela e pegando cruzamentos. Pelas beiradas já tínhamos o Lucas e o Rafael Marques de um lado e Dudu e Egídio do outro, além do Robinho chegando de trás. No treino sem um centroavante, o time ficava confuso no ataque", disse o treinador palmeirense.

Entretanto, Marcelo disse que pode, no futuro, mudar de ideia. "Dá para jogar, mas precisa ter uma sintonia melhor. Trabalharmos mais essa situação. Achei que, como o São Paulo tem uma bola aérea muito boa ofensiva e defensivamente, o Leandro poderia nos ajudar nisso também", completou.

Após dois jogos no comando do Palmeiras, Marcelo Oliveira acredita que ainda não conseguiu colocar sua cara no time, por isso, nega que a vitória sobre o São Paulo tenha sido por seus méritos. "Meu trabalho está sendo feito, sem a pretensão de falar que a vitória foi graças a nova comissão. Estamos introduzindo coisas novas e colocando na cabeça dos jogadores que precisamos ser agressivos para buscar pontos fora de casa e somar o máximo possível em casa", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.