Sergio Castro/Estadão
Sergio Castro/Estadão

Marcelo Oliveira volta a criticar desatenção do time do Palmeiras

Equipe praticamente abandona Brasileirão após novo empate

Estadão Conteúdo

22 de novembro de 2015 | 10h28

O técnico Marcelo Oliveira voltou a criticar a falta de atenção do time do Palmeiras, na noite de sábado, após o empate por 1 a 1 com o Cruzeiro, no Allianz Parque. Além disso, o treinador admitiu limitações táticas e técnicas da equipe, que praticamente desistiu do Brasileirão com o resultado desta rodada.

Com o empate, o Palmeiras chegou aos 50 pontos, seis atrás do G4, faltando apenas duas rodadas para o fim do campeonato. O time agora deve se concentrar na final da Copa do Brasil, contra o Santos, na próxima quarta-feira, dia 25, e no dia 2 de dezembro, data da partida da volta.

Antes destes duelos decisivos, porém, Marcelo Oliveira tentará fazer os ajustes no seu time, que precisou suar para buscar o empate com o Cruzeiro em casa. "O primeiro tempo foi pior do que o segundo, mas nós tivemos uma reação. Fica claro que não é dificuldade física, é mesmo tática, técnica e emocional. Analisando os últimos gols que tomamos, é sempre desatenção", analisou.

O técnico reconheceu que o gol marcado pelo Cruzeiro, aos 20 minutos de jogo, afetou a confiança da sua equipe. "Hoje nós estávamos bem encaixados e, quando o Cruzeiro fez o gol, ele tornou-se superior. Depois tivemos chances para empatar e ganhar. Não era o resultado que queríamos, pois o Palmeiras sempre deve buscar a vitória por tudo o que representa, mas, dentro das circunstâncias do jogo, foi razoável", avaliou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasMarcelo Oliveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.