Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Marcelo Oliveira volta a culpar lesões por má fase do Palmeiras

Técnico lamenta ausências de Arouca, Robinho e Gabriel

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

16 de outubro de 2015 | 16h58

Após a derrota do Palmeiras para a Ponte Preta, o diretor de futebol Alexandre Mattos deixou claro que não aceitava mais que a desculpa das lesões fossem utilizadas para explicar os resultados ruins do time alviverde nos últimos jogos. Entretanto, o técnico Marcelo Oliveira voltou a culpar as ausências de alguns jogadores como motivo para a situação incômoda vivida pelo clube alviverde.

“Há um número muito grande de torcedores em cada jogo do Palmeiras e nós precisamos melhorar o desempenho. Isso passa pela ausência de jogadores de um setor fundamental, que é o meio. Nenhum time passa impunemente sem Robinho, Gabriel e Arouca”, lamentou o comandante palmeirense.

O treinador explica que o trio vivia um grande momento e dava ritmo de jogo para todo o time. Deles, a situação mais confortável é de Robinho, que pode voltar ao time na partida contra o Fluminense, quarta-feira, pela Copa do Brasil.

“A ausência de três jogadores vai ser sentida em qualquer time do mundo. Esses três jogadores estavam jogando naquela arrancada, tanto o Gabriel, quanto o Arouca e Robinho. Sem essas peças fundamentais, o time se desmobiliza um pouco, tanto na parte técnica quanto no ânimo”, analisou.

Sem poder contar com o trio, Marcelo Oliveira tem testado Amaral, Andrei Girotto e Zé Roberto na posição e a diretoria contratou o volante Thiago Santos, do América-MG. Para o jogo contra o Avaí, o garoto Matheus Salles, revelado na base do clube, pode ganhar uma oportunidade.


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.