Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Marcelo vai a campo, mas Tite testa time com Filipe Luís e Fagner nas laterais

Técnico deverá manter atletas que terminaram o jogo diante da Sérvia no time titular

Almir Leite e Leandro Silveira, enviados especiais / Samara, O Estado de S.Paulo

01 Julho 2018 | 11h18

Fagner e Filipe Luís deverão ser os titulares das laterais da seleção brasileira no duelo desta segunda-feira com o México, na Arena Samara, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. Foi o que indicou o técnico Tite ao escalar formações que contavam com os dois jogadores nos 15 minutos em que a atividade no local do confronto foi liberado à imprensa. 

 + Brasil x México promove reencontro de remanescentes de Londres-2012

+ Copa volta para a Itália a cada 4 anos - mas só para ser polida

+ Tite vive uma montanha-russa emocional na Copa do Mundo da Rússia

As dúvidas envolvendo as laterais são as principais do Brasil antes do seu primeiro mata-mata na Rússia. Na direita, Danilo foi titular na estreia da seleção na Copa, diante da Suíça, mas depois sofreu lesão na região do quadril direito e ficou de fora dos confrontos com Costa Rica e Sérvia, sendo substituído por Fagner, que teve bom desempenho e era o favorito a encarar o México. Já Marcelo é titular absoluto na esquerda, mas foi substituído nos minutos iniciais do confronto com os sérvios por causa de um espasmo nas costas, tendo sua vaga ocupada por Filipe Luís. 

Na atividade em campo reduzido na Arena Samara, Tite dividiu o elenco em duas formações. Uma delas, com coletes, contava com os titulares do setor esquerdo e os reservas do direito, com: Danilo, Pedro Geromel, Miranda e Filipe Luís; Fernandinho; Fred, Philippe Coutinho, Taison e Neymar; Gabriel Jesus. A outra escalação seguia a lógica contrária, contando com os titulares do lado direito. Eram eles: Fagner, Thiago Silva, Marquinhos e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto e Willian; Roberto Firmino.

A atividade na Arena Samara também foi um teste para Marcelo, um dos primeiros jogadores a entrar em campo para o aquecimento. Ele participou do treinamento deste sábado, completamente fechada à imprensa, em Sochi, e agora voltou a trabalhar ao lado dos seus companheiros, acelerando a recuperação do problema na região lombar. 

 

Assim, o Brasil deve entrar em campo com a seguinte escalação contra o México: Alisson, Fagner, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Casemiro; Paulinho, Philippe Coutinho e Willian e Neymar; Gabriel Jesus.

O trabalho deste domingo não contou com a presença do meia-atacante Douglas Costa, em fase final de recuperação de lesão na coxa direita, sofrida nos últimos minutos do confronto com a Costa Rica. O jogador da Juventus até viajou para Samara, mas ainda não possui condições de entrar em campo. 

A expectativa, agora, é para que o técnico Tite confirme na sua entrevista coletiva na Arena Samara a escalação do Brasil, que poderia contar com Fagner e Filipe Luís nas laterais para o duelo com o México, marcado para as 11 horas (de Brasília) de segunda-feira em Samara.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.