Marcinho deixa o Flamengo e vai para os Emirados Árabes

Meia-atacante, um dos destaques do Brasileirão, foi negociado com o Al Jazira, time do técnico Abel Braga

Redação,

16 de julho de 2008 | 15h34

O Flamengo confirmou nesta quarta-feira, a transferência do meia-atacante Marcinho para o Al Jazira, dos Emirados Árabes. O jogador já deixou a concentração do clube e sequer enfrenta o Coritiba, nesta quinta-feira, às 20h30 no Couto Pereira.  Veja também: Léo Moura e Jailton voltam ao Flamengo contra Coritiba  No Al Jazira, Marcinho, um dos destaques do time que lidera o Brasileirão, será comandado pelo técnico Abel Braga, ex-Internacional.  Essa é a segunda baixa do Flamengo em uma semana. Em 9 de julho, o rubro-negro negociou o também meia-atacante Renato Augusto para o Bayer Leverkusen, da Alemanha - assim como no caso de Marcinho, o valor da transação não foi revelado. HISTÓRICOMarcinho, que completará 24 anos neste domingo, chegou ao Flamengo no início do ano, vindo do Atlético-MG. Aos poucos, alcançou destaque no clube, sendo campeão da Taça Guanabara e do Campeonato Carioca 2008. No Campeonato Brasileiro, o jogador é um dos artilheiros da competição, com sete gols. Essa não será a primeira vez que Marcinho jogará longe do futebol brasileiro. Em 2005, depois de uma rápida passagem pelo Grêmio, o meia-atacante vestiu a camisa do Genclebirligi, da Turquia. Por lá, o jogador revelado pelas categorias de base do Cruzeiro não se adaptou e voltou para Belo Horizonte, porém para o rival Atlético-MG. Recentemente, Marcinho esteve envolvido em uma confusão com três garotas de programa em Belo Horizonte, no sítio do então companheiro de equipe, o goleiro Bruno. Segundo a denúncia feita pelas garotas de programa na Delegacia da Mulher, o jogador Marcinho teria partido para agressão quando uma delas se recusou a manter relações sexuais com ele sem o uso de preservativos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.