Marcinho sonha com a artilharia

Nem César Maluco, nem Evair, nem Edmundo. O Palmeiras nunca teve o artilheiro de uma edição do Campeonato Brasileiro. Marcinho quer ser o primeiro. Para isso, espera contar com a "sorte" que, segundo ele, voltou com tudo. "Veja o meu gol contra o São Paulo, por exemplo. Chutei a bola, ela bateu em dois jogadores e entrou. Até pouco tempo, isso não aconteceria. A bola desviaria e iria para fora", diz o meia, que tem 10 gols no torneio, um a menos que Borges, do Paraná, e Robgol, do Paysandu.Um "amuleto" de Marcinho tem sido o Parque Antártica. Dos nove gols que marcou pelo Palmeiras na competição (o outro foi pelo São Caetano, sua ex-equipe), sete foram no Palestra Itália. "Só quero ressaltar que o nosso maior objetivo é o título. Se a artilharia também vier, melhor. Mas nós pensamos é em vencer a competição."Muito antes de virar o artilheiro do torneio, porém, Marcinho deve se tornar o artilheiro do Palmeiras na temporada. E isso pode acontecer nesta quarta mesmo. Com mais dois gols ele superará Osmar, que marcou 10 antes de ser negociado com o Morelia, do México.O fato de ser escalado no meio-de-campo pela segunda vez consecutiva não será um empecilho para Marcinho ir às redes. "Mesmo vindo de trás eu tenho totais condições de fazer gols. O Leão me dá muita liberdade para chegar no ataque. Tanto que contra o Juventude tive três ótimas chances de marcar."Marcinho elogiou bastante o novo esquema tático da equipe, o 4-4-2. "As mudanças do Leão fizeram com que a gente ficasse com um maior volume ofensivo. Temos o Gioino como referência na área, o Warley se movimentando, eu e o Juninho chegando na frente... Sem contar que a responsabilidade de fazer gols é dividida por quatro."Muñoz - "Ele chegou gordo. Despreparado para jogar. Sentiu dores na panturrilha no primeiro treino. É preciso ter cuidado para não cometer erros na volta." Foi desta forma que Leão analisou o retorno do atacante colombiano Muñoz, afastado há um ano por causa de duas cirurgias no joelho esquerdo. "Estou com 69 quilos, dois acima do peso ideal. Preciso de duas semanas para entrar em forma e disputar um lugar no time", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.