Epitácio Pessoa/AE
Epitácio Pessoa/AE

Marcio Araújo diz que cobrança não incomoda Palmeiras

Para volante, críticas são naturais para os grandes clubes quando não há resultados positivos

AE, Agência Estado

14 de setembro de 2010 | 15h46

Os últimos tropeços do Palmeiras no Campeonato Brasileiro aumentaram a pressão sobre o elenco, questionado pelos torcedores e até pelo técnico Luiz Felipe Scolari. Apesar disso, o volante Márcio Araújo garante que a situação não incomoda e nem deixa o grupo pressionado. Para ele, as cobranças são algo natural em um clube grande.

"Todos que estão em time grande sabem que as cobranças vêm quando não há resultados positivos. O Felipão sempre nos lembra da importância de vestir a camisa do Palmeiras e nós estamos conscientes disso, com o desejo de acertar, de melhorar. Sempre sonhamos em ser jogador de futebol, e estar realizando esse sonho em um clube como o Palmeiras é a nossa grande motivação", afirmou.

Márcio Araújo lembrou que o Palmeiras está invicto há seis jogos no Brasileirão como visitante para apostar em um bom resultado contra o Grêmio, na quarta-feira. "Acho que estamos bem fora de casa. Jogar no Olímpico é sempre complicado, mas estamos tendo uma boa postura como visitante. Estamos entrando mais concentrados no campo do adversário e sabendo explorar a responsabilidade do time mandante", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.