Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Ivan Storti/ Santos FC
Ivan Storti/ Santos FC

Márcio Araújo vê Libertadores como aprendizado aos jovens do elenco santista

Santos é derrotado em Guayaquil e vai disputar a fase mata-mata da Copa Sul-Americana

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de maio de 2021 | 00h26

Nada de lamentações ou caça às bruxas após a queda precoce do Santos na Copa Libertadores. Mesmo com a apresentação ruim e a consequente derrota diante do Barcelona de Guayaquil, por 3 a 1. Para o auxiliar técnico Márcio Araújo, substituto do suspenso Fernando Diniz, a participação na competição servirá de aprendizado e amadurecimento à nova geração de Meninos da Vila.

O treinador interino preferiu enxergar o lado bom, se é que existe, na queda precoce da competição. Até porque os santistas seguirão atrás de um título internacional, pois entrarão no mata-mata da Copa Sul-Americana. Ao invés de lamentar, preferiu falar sobre qual lição serviu ao Santos.

"Nosso time é muito jovem, a média parece que é de 22 anos", alertou Márcio Araújo. "Então, é um trabalho excepcional nesse sentido. O resultado é insatisfatório, claro, mas vamos colher frutos com esses jovens no futuro", apostou.

Como a diretoria do Santos está fazendo uma adequação financeira no clube e investirá pouco em reforços, essa base utilizada na Libertadores deve ser utilizado por todo o ano. Colocar os meninos para cima se faz necessário.

"Não podemos olhar só o momento. Precisamos de equilíbrio e moderação", pediu Márcio Araújo. "Temos Kaiky, Ângelo, (Gabriel) Pirani, Kaio Jorge, Marcos Leonardo, Lucas Braga, Kevin… Muitos jovens. A desclassificação na Libertadores vai preparar os jovens para o que vem na frente", enfatizou. "É difícil o vice-campeão, um time grande, ser desclassificado, óbvio. Mas é um processo de recuperação e vamos melhorar."

Antes da Copa Sul-Americana, o Santos tem visita ao Bahia, sábado, na abertura do Brasileirão. Marinho, ainda tratando de problema muscular, deve seguir fora da equipe. Kaio Jorge negocia a renovação do contrato e promete se manter empenhado em ajudar o time.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.