Márcio Santos ganha a posição no Etti

Mesmo ainda estando fora de forma, o zagueiro Márcio Santos estará no time titular do Etti Jundiaí no jogo contra a Ponte Preta, sábado, na abertura da 9ª rodada do Torneio Rio-São Paulo. A confirmação foi feita pelo técnico Giba, que gostou do desempenho do jogador na vitória de 1 a 0 sobre o Guarani, na última rodada. Na última vez em que Márcio Santos enfrentou a Ponte Preta, no ano passado, ele acabou levando a pior. Na época, atuava pelo Gama-DF e foi eliminado na segunda fase da Copa do Brasil, após um empate sem gols no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, e uma derrota por 2 a 0 em Brasília. O zagueiro, que tem em seu currículo o tetracampeonato mundial da seleção Brasileira, em 1994, nos Estados Unidos, acredita que a história agora é diferente. "Sempre gostei de grandes jogos. Em Campinas acredito que não será diferente, pois a Ponte Preta está muito bem nos últimos anos e será um adversário difícil de ser batido. Mas o Etti também está bem e embalado pela vitória sobre o Guarani", disse Márcio Santos. Além do experiente zagueiro, Giba poderá contar com o meia Marcinho. Após cumprir o segundo jogo de suspensão pela expulsão contra o São Paulo, na primeira rodada do Rio-São Paulo, o jogador tem presença garantida contra a Ponte Preta. Com isso, Bechara volta ao banco de reservas. Mas a grande ausência no Etti continua sendo o experiente volante Vágner Mancini, ainda vetado pelo departamento médico. Ele sente dores na coxa direita e só deverá ser liberado para a próxima partida, contra o Americano, no estádio Jaime Cintra, em Jundiaí. Léo, que já havia atuado contra o Guarani, permanece entre os titulares.

Agencia Estado,

06 Março 2002 | 15h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.