Márcio Santos recebe alta, quatro dias depois de sofrer AVC

Médicos esperam que ex-zagueiro da seleção brasileiro se recupere totalmente dentro de um mês

Marco Britto, O Estado de S. Paulo

23 de abril de 2008 | 21h08

O ex-zagueiro Márcio Santos, tetracampeão mundial pela seleção brasileira em 1994, recebeu alta nesta quarta-feira do Hospital do Coração, em Balneário Camboriú (SC), onde foi internado depois de sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Depois de uma semana sentindo dores intensas na cabeça, o ex-jogador passou mal na noite de sábado, quando teve dificuldade em falar ao telefone. A lesão atingiu o cerebelo de Santos, região do cérebro ligada à fala e ao equilíbrio. Segundo a esposa, Cândida Travensoli, o ex-jogador nunca teve problemas de saúde. "Márcio sempre teve uma saúde de ferro, nunca sentia nada, nem mesmo dor de cabeça", revelou. O ex-atleta já está falando normalmente e a previsão inicial da equipe médica é que ele recupere totalmente o equilíbrio dentro de um mês. "Ao chegar no hospital, na noite de sábado, Márcio passou por uma tomografia, que não acusou nenhuma lesão, causando divergência na equipe médica", contou a esposa. Uma ressonância magnética revelou o AVC no cérebro do ex-jogador. Antes de receber alta, Márcio Santos completou uma bateria de exames no coração. Durante o próximo mês, o ex-jogador voltará ao hospital para realizar novos testes. Revelado pelo Novorizontino, Márcio Santos jogou também por Botafogo, São Paulo, Atlético Mineiro e Santos, além de vários clubes estrangeiros, como Ajax, da Holanda, Fiorentina, da Itália, e Bordeaux, da França. Em 1994, foi convocado às pressas, para substituir o contundido Mozer, e ganhou a posição de titular durante o primeiro jogo, quando substituiu Ricardo Rocha, que também sofreu uma grave lesão. Foi titular até a final, contra a Itália, quando perdeu um pênalti na disputa que levou o Brasil ao tetra. Quatro anos depois, estava convocado para disputar o Mundial de 1998, mas, coincidentemente, se contundiu e foi substituído por André Cruz.

Tudo o que sabemos sobre:
Márcio Santos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.