Márcio: Tevez não será prejudicado

A cusparada de Tevez numa garrafa d?água supostamente entregue ao técnico Carlos Alberto Parreira ainda ecoa no Parque São Jorge. Hoje, Márcio Bittencourt chegou a se irritar com a repercussão do caso. O treinador corintiano não quer que "uma brincadeira de mau gosto" prejudique o atacante quando ele voltar da Alemanha, onde está com a Seleção Argentina, disputando a Copa das Confederações. "Tenho certeza de que o Tevez não fez aquilo por maldade", defende o treinador. "Ele só entrou no clima de uma brincadeira que, realmente, foi de mau gosto. Eu, particularmente, não faria (a brincadeira). Mas quando ele voltar (no início de julho) poderá se explicar melhor." Para o técnico, Tevez não ficará "sem clima" no Brasil quando voltar da Alemanha. "Ele tem um ótimo ambiente aqui e isso não vai mudar." Diante da insistência dos repórteres, Márcio emendou: "Essa brincadeira faz parte da rivalidade. Se me colocarem hoje num jogo contra a Argentina, vou querer cortar o pescoço de todos eles." Márcio lembrou que, quando jogador, teve duas costelas fraturadas durante partida pela Seleção Brasileira contra a Argentina, na Copa América de 1991. "É a rivalidade, mas depois da partida isso não existe. Hoje mesmo você vê o Crespo se abraçando com o Kaká... São todos colegas na Europa." Recorde - Mais do que se alongar sobre a polêmica do já famigerado "cuspe de Tevez", Márcio preferiu falar da boa fase da equipe, que venceu os últimos quatro jogos (todos sob seu comando) e deu um pulo na tabela: da zona do rebaixamento para a sétima posição. Com uma vitória sábado, sobre o Brasiliense, no Distrito Federal, Márcio iguala um recorde estabelecido por Osvaldo Brandão, em 1980: o de maior número de vitórias consecutivas para um técnico em início de trabalho no Timão. "Estamos indo bem, mas ainda há o que melhorar." O técnico sonha em contar com quatro ?reforços? para a partida em Brasília: os meio-campistas Fabrício, Hugo e Carlos Alberto e o atacante Gil, liberados pelo departamento médico, já treinam normalmente. O volante Marcelo Mattos, com uma entorse no tornozelo direito, pode ser liberado esta semana. Jô - O atacante, destaque nos 4 a 2 sobre o Flamengo, deve receber amanhã ou depois mais uma proposta do Anderlecht, da Bélgica. "Pelo andar da carruagem, devo ficar no Corinthians. A diretoria confia em mim e eu gosto muito do clube. Não sei se está na hora de sair."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.